Você discute moda? Glória kalil explica

 

O Fashion MKT 2008, seminário organizado por Gloria Kalil, discute temas atuais da moda brasileira, como a recente tendência de fusões e compras de marcas nacionais por grupos e fundos de investidores.Mas a quem interessam as palestras e conversas dos dois dias inteiros do evento? O que a terceira edição traz de novo aos participantes? A seguir, Gloria fala sobre a empreitada fashion que, anualmente, movimenta o mundinho da moda brasileira com convidados de peso daqui e de fora do país.

Por que e para quem vale a pena dedicar dois dias inteiros a um seminário de moda como o Fashion Marketing?
Na moda não é só a roupa que muda de cara. A configuração do negócio moda também muda. Há quatro anos a globalização e a China não tinham a importância que têm hoje. Quem trabalha com tendência tem que saber quais são as novidades na área dos negócios também.

O evento vai para a terceira edição. Ao término dos dois primeiros, o que se concluiu sobre o mercado?
O primeiro (“A moda brasileira brilha mas não vende”) foi importante para mostrar ao mercado que a moda é um grande produto de entretenimento: vende mais mídia do que roupa. No segundo (“Os italianos têm design, os franceses têm marca, os americanos têm mercado interno, os chineses têm preço. E nós, temos o quê?”), concluímos que temos, eventualmente, uma certa criatividade e um lifestyle que o mercado enxerga como algo agradável. Como uma continuação dessa discussão, este terceiro seminário tem como tema “Como transformar criatividade em lucro”.

O que é animador no esquema da moda nacional?
O que me anima é que a moda é uma realidade na vida de todo mundo. Mesmo quem não trabalha na área toma conhecimento do assunto, sabe o nome dos estilistas. É uma expressão interessante de identidade pessoal, mas também da identidade do país. O que falta à moda nacional é fortalecimento e construção de marca para ganhar visibilidade dentro e fora do país.

O Brasil tem potencial para produzir um Christian Dior – alguém que invente uma nova moda mundial?
Como capacidade criativa, sim. Mas, muito possivelmente, essa pessoa teria de trabalhar fora do Brasil.

Quais são as suas dicas para quem vai ao evento?
Não se atrasar, em primeiro lugar. Em seguida, dominar o celular – e não deixar que o aparelho lhe domine. Usar sapato baixo, já que o evento dura o dia todo – mas vá bem bonitinho, porque, alô!, o Chic vai fotografar os participantes estilosos. Vale levar cartões de visita, pois pessoas importantes da moda vão circular por lá.

Fale um pouco sobre a escolha dos palestrantes internacionais.
A grande moda agora são as fusões e compras de marcas por investidores – em pouco tempo já vimos histórias que deram certo e até errado. É um assunto que interessa aos grandes e pequenos empresários de moda. Assim, convidei a lendária professora Louise Wilson, da mais importante escola de moda atualmente, a Central Saint Martins de Londres. Ela vai falar como lida com criação e business na preparação dos alunos para o mercado. Ermenegildo Zegna, CEO da marca que é pioneira na expansão para a China (só lá eles têm 500 lojas), vai falar como uma empresa familiar se transformou em um império. Maurizio Borletti, dono de duas das maiores lojas de departamento do mundo (Printemps, na França, e La Rinascenti, na Itália), é um importantíssimo lojista e vai dar a sua versão de executivo sobre o crescimento desse tipo de loja, além de traçar um quadro comparativo entre os tipos de consumidores das duas lojas. Floriane de Saint Pierre, a mais importante headhunter das áreas de moda e luxo (é responsável pela contratação de Alber Elbaz, estilista que ressuscitou a Lanvin), vai dar palestra sobre como funciona essa atividade, que é inédita no Brasil.

E sobre os nacionais?
Gustavo Lins, estilista brasileiro que criou uma marca francesa, já foi indicado por Floriane a uma empresa de pele na Alemanha. Ele vai contar como é construir uma marca num país estrangeiro e mais competitivo. Em seguida, vêm representantes de empresas que inauguraram três tipos diferentes de negócios com compra de marcas recentemente. Os donos da InBrands, um grupo de moda formado pela sociedade entre a Ellus (de Nelson Alvarenga) e um fundo de investidores (Alessandro Horta e Gabriel Felzenszwalb); os donos da Arezzo (Anderson e Alexandre Birman), que venderam 25% da empresa ao fundo Tarpon (de Pedro de Andrade Faria) e, finalmente, Tufi Duek, que fez da Forum (que acaba de ser 100% vendida ao grupo AMC Textil) um case de sucesso na construção de marca. O fato é: as palestras são importante e atualíssimo subsídio a quem trabalha com moda no Brasil hoje.

 

 By Chic.ig.com.br

15 Respostas

  1. Quando será a palestra,e qual o custo??

  2. Boa tarde Gloria Kalil.
    Por favor me ajude.
    Vou fazer um cruzeiro no período de 18 a 27 de dezembro de 2008 destino Buenos Aires.
    Gostaria de saber que roupas levar, pois não tenho a mínima idéia.
    Sou do sexo feminino- tenho 56 anos peso 58 k , altura 1,51.
    Agradeço antecipadamente.

  3. Bom dia Gloria Kalil,

    Gostaria de sua ajuda,pois tenho um casamento em Petrópolis no Locanda
    Dela Mimosa, no Sábado ás 19:00hs.
    Você acha que ficaria bem eu ir com vestido longo preto ou teria uma sugestão mais adequada.
    Tenho 45 anos , 61kg , e 1.67 de altura.
    Aguardo seus comentários e desde já muito obrigada.

    Valéria de Mattos

  4. Glorinha ajude-me,vou mim casar na igreja ás 17;45,o que de vo usar tenho 1;67 mais 7cm de um sapato que vou usar.Uso fraque ou semi-fraque,e onde ir comprar ou alugar pois essas lojas de aluguel não achei muito confortafel pois tem noivas junto,ah tenho 67kg.o sapato mais alto é porque minha noiva é quase da mesma altura.O jantar sera servido a francesa

  5. Boa noite Glorinha!
    Tenho um casamento às 17h agora no mês de setembro e gostaria de saber se um longo preto fica muito formal para uma cerimônia nesse horário, mesmo que a festa seja de noite. Tenho 23 anos. Obrigada desde já e aguardo sua ajuda por email!

  6. Gloria

    Vou ser madrinha em um casamento será realizado às 12:00 h, toda cerimônia será em um salão de festa, o que devo usar, longo, longuette, com brilho, sem brilho, acessório, desde ja agradeço sua atenção
    Grata
    Silmara

  7. Glorinha , bom dia ! Vou ser madinha de casamento que será realizado as 21 hs . Mas estou com uma duvida cruél ; Tenho quadris largos e não sou tão magra , pois gostaria muito de ir com um vestido longo preto .
    Eu posso usar o preto para madrinha ? E o meu marido que cor de terno pode ser colocado , os dois de preto é ou não aconselhado ?
    Obrigada.
    Mariana

  8. Olá, Gostaria de manter contato para ver a possibilidade de realizar uma palestra.
    Favor enviar contatos.

    Abraço.

  9. Tenho um casamento pra ir próximo dia 22/11 às 11horas da manhã,no qual sou madrinha foi adotado para todas irem de vestido longuete,gostaria de saber se posso usar sandália em verniz, muito obrigada

  10. Olá Gloria
    Tenho um casamento para ir no dia 06 de dezembro as 19horas, com recepção em um clube.
    Gostaria de saber se fica bem eu ir de vestido preto na altura do joelho, estilo camiseta com alças largas, e acabamento em strass.
    Muito obrigada!

  11. Boa noite Gloria, irei a um casamento com um vestido vermelho,devo usar acessorios prata ou dourado? obrigada!

  12. Glória
    Tenho um casamento a noite numa praia a cerimonia vai ser na casa as 18.30h, que tipo de roupa devo vestir , sou irmã do noivo, vou ser madrinha.
    Minha mãe que tipo de roupa ela deve vestir sendo a mãe do noivo.
    Aguardo sua resposta,
    Grata
    Valéria

  13. Glória

    Minha mãe que tipo de roupa ela deve vestir sendo a mãe do noivo a cerimonia vai ser numa praia as 18.30h eu vou ser madrinha que tipo de roupa devo usar.
    Aguardo sua resposta,
    Grata
    Valéria

  14. Oi Gloria Kalil,meu nome e Luciana de cassia pianca,como e dificil falar com vc ,mas estou tentando ,seu de sua historia de vida e de como alcanço seus objetivos te adimiro muito como profissional e pessõa que e,bem vim aqui para lhe fazer um pedido ,tenho 35 anos sou depressiva profunda e gostaria de começar a viver a vida não saiu de casa a 5 anos ,só para ir ao psiquiatra ,tomo 15 remedios por dia para sair da cama ,tenho 2 filhos um com 13 anos outro com 10 ,mas perdi a guarda deles depois de menha primeira tentetiva de suicidio,vivo só tive um relacionamento de 4 anos que acabou a 9 anos.Não tive mais ninguem depois disso e soro muito não pór isso mas por coisas que aconteceram comigo,qua me fazer sfrer muito me sinto oca por dentro e um sofrimento sem fim,mas o que desejo de vc e o seguinte fui convidada para ir a um casamento em Ivaipor~~a Paraná, e não tenho com comprar a roupa para ir pois vivo do beneficio do INSS ,sabe como e né ,será que eu seu armario não tem um vestido ou coisa parecida que vc não quer mais e possa me doar,não posso nem comprar os sapatos ,mas juro a vc que gostaria de estar linda e não me sinto assim a vida toda,sempre fui muito triste,por favor me ajude ,não me decepcione pois todos fazem isso sempre espero que receba este imail o casamento e em final de abril,não tenho certeza se vou mas quero tentar por mim ………eu morro emcolombo curitiba rua renascença 298 b jd guaraituba colombo .conto com vc ,obrigada de coração se pelo menos leu meu imail.

  15. Oi Gloria Kalil,meu nome e Luciana de cassia pianca,como e dificil falar com vc ,mas estou tentando ,seu de sua historia de vida e de como alcanço seus objetivos te adimiro muito como profissional e pessõa que e,bem vim aqui para lhe fazer um pedido ,tenho 35 anos sou depressiva profunda e gostaria de começar a viver a vida não saiu de casa a 5 anos ,só para ir ao psiquiatra ,tomo 15 remedios por dia para sair da cama ,tenho 2 filhos um com 13 anos outro com 10 ,mas perdi a guarda deles depois de menha primeira tentetiva de suicidio,vivo só tive um relacionamento de 4 anos que acabou a 9 anos.Não tive mais ninguem depois disso e soro muito não pór isso mas por coisas que aconteceram comigo,qua me fazer sfrer muito me sinto oca por dentro e um sofrimento sem fim,mas o que desejo de vc e o seguinte fui convidada para ir a um casamento em Ivaipor~~a Paraná, e não tenho com comprar a roupa para ir pois vivo do beneficio do INSS ,sabe como e né ,será que eu seu armario não tem um vestido ou coisa parecida que vc não quer mais e possa me doar,não posso nem comprar os sapatos ,mas juro a vc que gostaria de estar linda e não me sinto assim a vida toda,sempre fui muito triste,por favor me ajude ,não me decepcione pois todos fazem isso sempre espero que receba este imail o casamento e em final de abril,não tenho certeza se vou mas quero tentar por mim ………e

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: