Happy Birthday!

O site Moda em Questão está fazendo aniversário e nada mais interessante que uma renovada. O lay – out do site está de cara nova especialmente para você! Agora você tem mais facilidade de visualizar os arquivos, as páginas criadas e os links associados.

Não esqueça de deixar a sua opinião, ela é muito importante!

dat_aniversario1

Anúncios

Hi-Lo, a moda agora é democrática!

A moda agora é democrática, sem regras claras, portanto cheia de perigos. Até a década de 50 a moda era autoritária.Era a manifestação de uma classe social. O sapato deveria combinar com cinto e com a bolsa. Atualmente a moda deixou de ser padrão representativo de classe social e passou a ser uma manifestação de identidade pessoal. Estamos no momento da liberdade…mas a liberdade não é nada fácil

.

Por incrível que possa parecer muita gente segue o estilo Hi Lo e nem sabe muito bem o que é. Hoje a moda gira em torno do estilo, e o hi & lo é a cartilha da moda atual. Hi vem de high, que quer dizer alto e lo vem de low, que quer dizer baixo, barato. Essa miscelânea traz um mosaico muito rico de informações, onde você pode misturar peças caras, de grandes marcas com peças baratas, inclusive encontradas em brechós ou nas grandes magazines

.

O hi/lo é um elemento fashion que se estende a diversos campos da moda, inclusive a decoração. Nas exposições e mostras de decoração em um mesmo ambiente misturam-se peças de design a peças encontradas em uma feira na esquina da sua rua. Podem-se misturar tecidos tradicionais com tecnológicos e até couro com seda. Não existe mais o que não combina, mas é imprescindível ter bom senso porque a mistura pode ficar ótima ou ser um desastre. É aqui que mora o perigo!

 

Para está conectado a essa proposta é preciso ter olho clínico e o mínimo de informação sobre moda. Afinal de contas, a roupa contém muitas informações sobre quem a veste, é uma forma de linguagem, de comunicação. Por isso a moda não é questão de tendência, mas de estilo próprio, de características peculiares, do seu jeito de ser, de ver a vida e é sem dúvida o retrato que damos para os outros de como queremos ser vistos.

 

A combinação da cor de sapato com bolsa, que ficou lá na década de 50, ditava um padrão referencial de classe social. Você se vestia para ser notado, para ser visto e conseqüentemente para ser incluído em uma classe social. Hoje a moda é democrática, acessível e traduz o seu estilo de ser. Todos sabem no fundo o que fica bem no corpo. Não existe fórmula mágica, não existe melhor resposta do que se olhar no espelho para se ver. Ter o seu próprio estilo é fundamental. A final, o estilo fica e a moda passa. A moda é oferta e cabe a cada um escolher o que melhor o representa para que você seja lida da maneira como você é.

 

A roupa deve deixar a pessoa a vontade. Aprendi que não existe nada mais deselegante do que uma pessoa tensa por causa da aparência. As mulheres hoje enfrentam um nível de exigência muito alto. Não é só o problema de ser chique, mas de dar conta de tudo. O padrão estético nos deixa diante de uma série de interrogações. Então, nada mais natural do que ser sempre você.

 

A democracia fashion está em alta!

 

ashley-tisdale-neil-george-061bolsa-prada

Bata Básica + Short desfiado + Óculos escuro + Bolsa Prada. Look básico, despretensioso mas aliado a uma bolsa de luxo da Griffe Prada.

ashley-tisdale-coffee-bean-091

Look branco total super básico + chapeu + Bolsa Griffe Louis Vuitton

Um Casamento em pleno inverno Europeu!

 

Recebi uma solicitação da Daniela Dória, de Portugal, que realizará seu casamento no final deste ano. Será um casamento civil, no período da manhã, para poucos convidados com uma pequena recepção.

 

Uma noiva é sempre a estrela do casamento, mesmo em uma cerimônia simples, para apenas poucos convidados. A escolha do horário não exige muito brilho, nem muita pompa. No entanto será um casamento em estilo europeu e a estação bem definida será o inverno. Aqui no Brasil já estamos terminando a primavera e oficialmente entraremos no verão em dezembro. Clima quente, diferente da proposta de um casamento em pleno inverno europeu.

 

Prefira vestido ou tailleur branco, off White ou pérola. Brilhos devem ser evitados. Os bordados podem ser em linha ou pedras foscas como as pérolas. Se preferir o tailleur, use meias e sapatos mais fechados, em harmonia com o clima da estação. O inverno europeu é severo, bem diferente do inverno brasileiro. Portanto, abuse das possibilidades. Porem, nada extravagante, opte pelo pouco que vale muito, é mais chique e elegante.

 

Comprimento: Curto ou longo

Sapatos: de pelica forrados, pode optar por um Chanel, ou totalmente fechado em virtude do clima frio.

Acessórios: Jóias ou bijuterias finas

Cabelo: Coque médio baixo ou um pouco acima

Maquiagem: leve em virtude do horário da cerimônia

 

Selecionei um vestido maravilhoso, especifico para o clima extremamente frio a época da realização da cerimônia, opções de tailleur, penteados e maquiagem.

Espero ter conseguido tirar da cabeça da Daniela a idéia de casar de botas. Mesmo estando em uma estação em que as botas são acessórios essenciais para proteção do frio, a ocasião não condiz com o uso desse acessório.

 

 

 

8230_b1_0603160644392dior_ss07_0211dior_ss07_0271modernodior_ss07_0301noiva_41

Essa opção de vestido pode ser usada com um casaqueto ou xale trabalhado para proteção em climas extremamente frios

trends20fall20gullet-turtleneck32

Esse vestido é outra opção inteligente para a ocasião. O detalhe da gola, é um charme a parte!

 

penteados_noivas_31

O coque é uma escolha adequada para um dia tão especial!

maquiagem11maquiagem21maquiagem31

 

 

 

 

 

Look do dia – Little Black Dress

Este vestido usado por Cássia Ávila, de cetim, é todo trabalhado com saia de tramas e fitas. O little black dress não precisa ser óbvio para ser chique. O laço como detalhe no busto evidenciou uma tendência e deu um toque elegante a peça. Para dar um ponto de cor, mínicarteira prateada e bons saltos finalizam a produção. Anotou a receita?

look-cassia-avila

Look do dia!

A atriz Fernanda Freitas uniu duas fortes tendências deste verão. O cetim e o floral. Nada mais adequado e agradável para encarar altas temperaturas do que vestir algo claro, leve e confortável. O contraste entre bege e laranja é a estrela dessa produção. Uma combinação infalível que pode ser usada tanto a noite como a luz do dia. Excelente escolha!

 

look-08-11-151

 

Casamento na praia

casal-praia1

Acabo de receber de uma leitora, dúvida sobre casamentos realizados na praia. Vou preservar a identidade por questões de privacidade. A pergunta: “Fui convidada para um casamento que será realizado as 19:00 horas e a pedido dos noivos todos os convidados devem ir de branco. Branco não é proibido usar em casamentos? Qual traje deve-se usar nessa cerimônia? Será uma espécie de Luau, com tendas e velas decorando o ambiente.”

 

Bem, a verdade é que não existem regras nem nada é obrigatório como havia mencionado na ultima atualização do site.Tudo deve ser resolvido em comum acordo entre os noivos. O bom senso é essencial e branco definitivamente não deve ser usado em casamentos. Algo muito deselegante competir com a noiva em um dia que está reservado somente para ela. No entanto, se a opção dos noivos é que todos estejam de branco, vale então o que foi combinado entre eles.

 

Esta cerimônia desvia-se completamente do convencional. Para cada tipo de cerimônia, um código diferente e apropriado. Questão de escolha, de identidade e de objetivo. A opção dos noivos foi exatamente sair da rotina, o que tornará o dia, para eles, ainda mais especial.

 

Sugestões: A cerimônia tem característica informal e o local permite que todos os convidados sintam-se bastante a vontade. Vestidos mais curtos, saias e blusas, calças e regatas trabalhadas com pedrarias ou paetês. Os tecidos, optem pelos mais leves. Muito provável que os noivos ofereçam sandálias havaianas como lembrança do casamento (opção bastante usada ultimamente em casamentos realizados na praia). Nos pés, sandálias rasteiras mais sofisticadas ou Anabela de salto baixo.

00050m100350m1vestido_branco1

 

 

ESPECIAL CASAMENTOS

santoantc3b3nio1

Diante de inúmeras solicitações dos leitores esse será um especial sobre casamentos. Não importa o horário da cerimônia, seja dia ou noite, existe uma histeria coletiva quando o assunto é casamento. Que traje podemos vestir? E a cor? Podemos usar branco? O preto pode ser usado durante o dia?Vou ser madrinha, que roupa se deve usar? Qual a cor ideal para quem vai ficar no altar? E por aí vai…

São tantas dúvidas que resolvi escrever um artigo completo com dicas simples e opções de looks para todos os horários de cerimônias. A verdade é que não existem regras nem nada é obrigatório. Mas o uso do bom senso é essencial nessas ocasiões. Nada de exageros e ostentações descabidas. Isso sim é apropriado e civilizado. Vocês já devem saber como disse Glorinha kalil, ninguém é chique se não for civilizado.

Em primeiríssimo lugar, usar branco em casamentos é extremamente deselegante. Não é necessário competir com a noiva. Deixe esse dia somente para que ela brilhe. Preto não é uma cor ideal para o altar. Não existem regras nem proibições, mas vale destacar que essa é uma cor extremamente forte para se oferecer os votos de felicidades aos noivos, já que em tempos antigos era utilizada para cerimônias de luto oficial. Quando somos escolhidos para estar no altar, temos um papel importante para os noivos naquele momento. Estamos ali para comemorar junto aos familiares um momento de extrema felicidade, portanto felicite-os com cores que demonstrem os seus sinceros votos. Mas se você não estará no altar, o preto pode fazer parte da sua cartela de cores sem receio de errar.

CASAMENTOS PELA MANHÃ – Os casamentos realizados pela manhã são os mais descomplicados possíveis. Menos formais, portanto nada de roupa comprida. O melhor é vestido ou saia e paletó curtos. Escolha tons claros e tecidos sem grandes brilhos. Deixe as zibelines, shantungs de seda e cetins para os casamentos à noite, assim como as rendas e os bordados. É uma boa hora para os georgettes lisos e estampados, seda pura, panamás, linhos e os algodões acetinados. Chapéus, só se o casamento for ao ar livre – num sítio ou num clube – e com dia ensolarado. Bolsas e acessórios leves.

Para os homens ternos claros, em tons pastel, ou cinzas. O azul marinho, por incrível que possa parecer, é uma cor universal. Pode ser usado em todos os horários de cerimônias.

imagen_mode_large_qualite_es3loewe_mode_large_qualite_es1

Excluindo a bolsa, o primeiro vestido é uma escolha perfeita para casamentos pela manhã. O longo amarelo pastel, é indicado para madrinhas.

CASAMENTOS PELA TARDE – Já são um pouco mais formais do que os da manhã. Pedem uma roupa mais caprichada. Opções de vestidos na altura do joelho ou um pouco abaixo deles, mais enfeitados com alguns brilhos e bordados leves. O ideal são cores claras ou mais fortes, deixando as escuras como o preto para os casamentos à noite. Tecidos: sedas pesadas como o tussor e também shantungs, georgettes, rendas opacas e mais fechadas. Use bolsas pequenas, saltos altos, jóias mais vistosas. Maquiagem discreta, pois a luz do dia ainda é bem forte.

Para os homens ternos mais encorpados, em tons de cinza do mais claro ao mais escuro. Vale também como dito anteriormente o azul marinho.

 

imagen_mode_large_qualite_estela-mcvalentino_mode_large_qualite_es2

O primeiro vestido é uma opção moderna e despojada para casamentos a tarde, leve e com brilho discreto. A segunda opção seria para a madrinha, vestido com renda cordata em tom azul e acompanhado de coque despojado. Seria indispensavel descer o cumprimento para um pouco abaixo dos joelhos.

CASAMENTOS A PARTIR DAS 18 h Mesmo que a noiva entre no final da tarde, quando sair já vai estar escuro e a festa vai ser noite adentro. A roupa pode ser nos joelhos, abaixo deles ou longa. Vestido longo só se for do desejo da noiva, não é obrigatório. Chapéus, idem. Apesar de não ser hábito comum, algumas noivas exigem a presença das madrinhas com esse acessório no altar. Normalmente isso acontece em casamentos extremamente formais. Vestidos de madrinha não são vestidos de baile, por isso não podem nem devem ser decotados, cheios de fendas ou muito chamativos. Quem tem de brilhar no altar é a noiva. Tecidos: valem os sofisticados como os cetins, as zibelines, as rendas, os santungs e os bordados mais brilhantes. Maquiagem pode ser mais forte, pois as luzes são suaves e baixas. Bolsas pequenas e as jóias vistosas.

Para os homens ternos escuros, preto, cinza grafite ou azul marinho. Uma dica especial para os homens: não é regra, mas caso o traje não tenha sido previamente combinado com a noiva, que pode estabelecer um padrão definido para todos os padrinho e madrinhas, vale harmonizar o casal que está no altar. Escolha a cor do terno mais adequada para o horário e combine o tom da camisa e gravata com o tom do vestido da madrinha que será o seu par.

 

imagen_mode_large_qualite_es4elie_saab_mode_large_qualite_es2

A primeira opção seria para uma convidada, um vestido seco, em preto com entrelaçados que se iniciam nos ombros e terminam na altura da cintura. O longo em azul seria uma escolha clássica para uma madrinha, por ser uma opção simples, sem bordados, nem paetês no entanto extremamente elegante. O mínimo que é máximo!