ESPECIAL CASAMENTOS

santoantc3b3nio1

Diante de inúmeras solicitações dos leitores esse será um especial sobre casamentos. Não importa o horário da cerimônia, seja dia ou noite, existe uma histeria coletiva quando o assunto é casamento. Que traje podemos vestir? E a cor? Podemos usar branco? O preto pode ser usado durante o dia?Vou ser madrinha, que roupa se deve usar? Qual a cor ideal para quem vai ficar no altar? E por aí vai…

São tantas dúvidas que resolvi escrever um artigo completo com dicas simples e opções de looks para todos os horários de cerimônias. A verdade é que não existem regras nem nada é obrigatório. Mas o uso do bom senso é essencial nessas ocasiões. Nada de exageros e ostentações descabidas. Isso sim é apropriado e civilizado. Vocês já devem saber como disse Glorinha kalil, ninguém é chique se não for civilizado.

Em primeiríssimo lugar, usar branco em casamentos é extremamente deselegante. Não é necessário competir com a noiva. Deixe esse dia somente para que ela brilhe. Preto não é uma cor ideal para o altar. Não existem regras nem proibições, mas vale destacar que essa é uma cor extremamente forte para se oferecer os votos de felicidades aos noivos, já que em tempos antigos era utilizada para cerimônias de luto oficial. Quando somos escolhidos para estar no altar, temos um papel importante para os noivos naquele momento. Estamos ali para comemorar junto aos familiares um momento de extrema felicidade, portanto felicite-os com cores que demonstrem os seus sinceros votos. Mas se você não estará no altar, o preto pode fazer parte da sua cartela de cores sem receio de errar.

CASAMENTOS PELA MANHÃ – Os casamentos realizados pela manhã são os mais descomplicados possíveis. Menos formais, portanto nada de roupa comprida. O melhor é vestido ou saia e paletó curtos. Escolha tons claros e tecidos sem grandes brilhos. Deixe as zibelines, shantungs de seda e cetins para os casamentos à noite, assim como as rendas e os bordados. É uma boa hora para os georgettes lisos e estampados, seda pura, panamás, linhos e os algodões acetinados. Chapéus, só se o casamento for ao ar livre – num sítio ou num clube – e com dia ensolarado. Bolsas e acessórios leves.

Para os homens ternos claros, em tons pastel, ou cinzas. O azul marinho, por incrível que possa parecer, é uma cor universal. Pode ser usado em todos os horários de cerimônias.

imagen_mode_large_qualite_es3loewe_mode_large_qualite_es1

Excluindo a bolsa, o primeiro vestido é uma escolha perfeita para casamentos pela manhã. O longo amarelo pastel, é indicado para madrinhas.

CASAMENTOS PELA TARDE – Já são um pouco mais formais do que os da manhã. Pedem uma roupa mais caprichada. Opções de vestidos na altura do joelho ou um pouco abaixo deles, mais enfeitados com alguns brilhos e bordados leves. O ideal são cores claras ou mais fortes, deixando as escuras como o preto para os casamentos à noite. Tecidos: sedas pesadas como o tussor e também shantungs, georgettes, rendas opacas e mais fechadas. Use bolsas pequenas, saltos altos, jóias mais vistosas. Maquiagem discreta, pois a luz do dia ainda é bem forte.

Para os homens ternos mais encorpados, em tons de cinza do mais claro ao mais escuro. Vale também como dito anteriormente o azul marinho.

 

imagen_mode_large_qualite_estela-mcvalentino_mode_large_qualite_es2

O primeiro vestido é uma opção moderna e despojada para casamentos a tarde, leve e com brilho discreto. A segunda opção seria para a madrinha, vestido com renda cordata em tom azul e acompanhado de coque despojado. Seria indispensavel descer o cumprimento para um pouco abaixo dos joelhos.

CASAMENTOS A PARTIR DAS 18 h Mesmo que a noiva entre no final da tarde, quando sair já vai estar escuro e a festa vai ser noite adentro. A roupa pode ser nos joelhos, abaixo deles ou longa. Vestido longo só se for do desejo da noiva, não é obrigatório. Chapéus, idem. Apesar de não ser hábito comum, algumas noivas exigem a presença das madrinhas com esse acessório no altar. Normalmente isso acontece em casamentos extremamente formais. Vestidos de madrinha não são vestidos de baile, por isso não podem nem devem ser decotados, cheios de fendas ou muito chamativos. Quem tem de brilhar no altar é a noiva. Tecidos: valem os sofisticados como os cetins, as zibelines, as rendas, os santungs e os bordados mais brilhantes. Maquiagem pode ser mais forte, pois as luzes são suaves e baixas. Bolsas pequenas e as jóias vistosas.

Para os homens ternos escuros, preto, cinza grafite ou azul marinho. Uma dica especial para os homens: não é regra, mas caso o traje não tenha sido previamente combinado com a noiva, que pode estabelecer um padrão definido para todos os padrinho e madrinhas, vale harmonizar o casal que está no altar. Escolha a cor do terno mais adequada para o horário e combine o tom da camisa e gravata com o tom do vestido da madrinha que será o seu par.

 

imagen_mode_large_qualite_es4elie_saab_mode_large_qualite_es2

A primeira opção seria para uma convidada, um vestido seco, em preto com entrelaçados que se iniciam nos ombros e terminam na altura da cintura. O longo em azul seria uma escolha clássica para uma madrinha, por ser uma opção simples, sem bordados, nem paetês no entanto extremamente elegante. O mínimo que é máximo!

 

 

 

 

 

Uma resposta

  1. Quando utilizo um terno com risco de giz, tenho que necessariamente usar uma gravata lisa ou posso utilizar uma gravata com os mesmo riscos do terno? Estou com dúvidas dessa regra …

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: