Convite irrecusável!

Relações Públicas e Colunista Social de Salvador, Adriana Cohim me fez um convite irrecusável. Através de uma amiga em comum, Mayahna Cazuquel, Adriana me convidou para fazer parte da sua equipe de colunistas no site http://www.adrianacohim.com.br/v2/index.php.

Adivinhe qual a coluna que estarei escrevendo? Evidente que sobre Moda. A Coluna se chama Glamour em Foco e estou entusiasmadíssima para começar a colocar em prática todos os meus conhecimentos.

Meus leitores, amigos e internautas agora aproveitem para nos fazer uma visita no site da Adriana Cohim, que é repleto de novidades, entretenimento, dicas, entrevistas e muito mais….

 

Beijos e até a próxima!

Luxo Democrático!

Muito comum nos Estados Unidos e na Europa, o aluguel de bolsas de Grifes de luxo, sonho de consumo de inúmeras mulheres, agora tem endereço certo no Brasil. A FeelChic, que resultou do investimento de quatro sócias, abriu as portas na grande São Paulo expondo para aluguel bolsas de grandes grifes como Louis Vuitton, Hermes, Prada, Chanel, Gucci, Dior e Miu Miu.

A FeelChic é uma empresa que traz ao Brasil a mais nova tendência de consumo de acessórios de luxo no mundo. As clientes podem alugar a bolsa do seu Dsigner predileto por uma semana, um mês ou se desejar por mais tempo.

“Como somos muito amigas, a gente nunca viu problema algum em pegar um acessório emprestado se tem uma festa para ir. Só que, agora, a gente passou a emprestar bolsas para quem a gente não conhece e a lucrar com isso. Lá fora, esse negócio deu muito certo, e resolvemos arriscar”, conta uma das sócias, a médica Paula Ranzini. 

No filme Sex and the City a personagem de Jennifer Hudson –  a simpática e eficiente assistente de Carrie Bradshaw, vai para a entrevista de emprego com uma bolsa Louis Vuitton e diz que o acessório é alugado. No longa, a assistente até diz o nome da loja onde fez o “empréstimo”: é a Bag Borrow and Steal, que trabalha com quase 40 marcas de bolsas, 28 grifes de jóias e 10 marcas de óculos escuros.

A empresa, que é uma das mais conhecidas nos EUA, também atende pela internet e faz até lista de espera para as bolsas que, de tão cobiçadas, nem esquentam lugar nas prateleiras. Para alugar por uma semana, por exemplo, há opções de bolsas por menos de US$ 15 (cerca de R$ 32) até US$ 400 (cerca de R$ 840). 

É normalíssimo hoje em dia alugar carros, casas, bicicletas, vestidos de noiva, smokings, copos, talheres, perucas, barcos, não é mesmo? Estava demorando que alguém tivesse a idéia de alugar um dos maiores objetos de desejo do consumo moderno: as bolsas de grife. Sabe-se lá em que “encarnação” a maior parte das pessoas teria dinheiro para comprar alguma dessas bolsas?

Acha a idéia esquisita? Pois vá se acostumando com ela. O negócio é rentável e se atualmente até barriga pode ser de aluguel, porque não uma bolsa?

Site: http://www.feelchic.com.br

Especial Sexy in the City

 

Vocês já assistiram ao irresistível filme da Série de TV Sex and the Sity? Atrapalhadas, românticas e especiais assim são as personagens que compõem a série, cada uma com sua característica peculiar em evidência. Mas o que faz os nossos olhinhos femininos brilharem é o figurino de Carrie, que usa e abusa de diversos estilos, acessórios inusitados e revela todo um contexto sobre moda e elegância.

 

Em opinião própria, alguns looks apresentados não fazem parte do meu estilo pessoal, mas a versatilidade das peças pode ser aproveitada por diversos estilos e compor um look atual em um piscar de olhos!

 

Por exemplo, o casaco de gabardine do look nº 01 seria uma peça que com certeza estaria presente em meu guardo roupa habitual, por ser uma peça clássica e atemporal. O cardigã de malha da Le Lis Blanc é maravilhoso, a certeira de verniz e a bootie completam o visual. O trench Coat de cetim que compõe o look nº 03 é uma das minhas peças preferidas, deixa a mulher elegante e faz parceria em qualquer produção, seja ela de verão ou inverno, por ser feito de um material leve. O look nº 04 o que faria estaria conectado as minhas peças seria a regata de algodão da Renner e a carteira de cetim e pedras da Accessorize, somaria a uma bela calça de alfaiataria ou mesmo um jeans escuro e uma sandália alta ouro velho.

 

O look nº 05 está perfeito para uma reunião ou entrevista de trabalho, um básico chic! O look nº 06 eu usaria com certeza, mas excluiria a irreverência da enorme flor no detalhe do ombro direito. No look nº 07, definitivamente sou adepta das estampas mais discretas. A minha opção seria por flores em tons pasteis, combinaria muito mais com minha personalidade.

 

Agora aproveite e faça suas escolhas com as peças que encontramos em outras lojas que podem compor o mesmo look de Carrie!

 

 LOOK 1
CASACO de gabardine, Juliana Jabour, R$ 806 (à venda na Cool! Urban Lifestyle). Tel. (11) 3073 1221

CAMISETA, Renner, R$ 40. Tel. (11) 2165 2800. www.lojasrenner.com.br

MEIA-CALÇA de lã, Maria Bonita, R$ 310. Tel. (21) 2513 1122. www.mariabonita.com.br

OXFORD, Orcade, R$ 152. Tel. (16) 3712 3900. www.orcade.com.br

 

 

 

 

LOOK 2

CARDIGÃ de malha, Le Lis Blanc, R$ 360. Tel. (11) 3815 0634. www.lelisblanc.com.br

CARTEIRA de verniz, Smart Bag, R$ 160. Tel. (11) 6192 4666. www.smartbag.com.br

LUVAS de couro, Selaria Santa Rosa, R$ 57. Tel. (51) 3241 8455

MEIA 5/8, Lupo, R$ 15. SAC tel. 0800 707 8220. www.lupo.com.br

BOOTIE de verniz, Tabita, R$ 179. Tel. (51) 3545 1600. www.tabita.com.br

 

 

 

LOOK 3

TRENCH COAT de cetim, Lita Mortari, R$ 1 500. Tel. (11) 3064 3021. www.litamortari.com.br

GOLA de onça sintética, Les Filós, R$ 141. Tel. (11) 3082 6897. www.lesfilos.com.br

KNICKER de plush, Body Jam, R$ 126. Tel. (11) 3082 8181. www.bodyjam.com.br

LUVAS de couro sintético, Renner, R$ 40. Tel. (11) 2165 2800. www.lojasrenner.com.br

BOOTIE de camurça, Corello R$ 259. Tel. (11) 3819 8650. www.corello.com.br

BOLSA, Legaspi, R$ 1 152. Tel. (51) 3561 2445. www.legaspi.com.br

 

 

LOOK 4

REGATA de algodão, Renner, R$ 20. Tel. (11) 2165 2800. www.lojasrenner.com.br

ESTOLA de pele sintética, NEM, R$ 450. Tel. (11) 3845 3199

CARTEIRA de cetim e pedras, Accessorize, R$ 160. Tel. (11) 3812 6110. www.accessorize.com.br

LUVAS de couro, Di Santi, R$ 98. Tel. (51) 3556 1419. www.disanti.com.br

SAIA de tule de algodão e organza, Ellus, R$ 1 200. Tel. (11) 3082 3120. www.ellus.com.br

 

LOOK 5
CAMISA, Renner, R$ 60. Tel. (11) 2165 2800. www.lojasrenner.com.br

GRAVATA de cetim, Daniela Ricci, R$ 54. Tel. (11) 9245 9068. www.danielaricciacessorios.com

BROCHE de metal com banho de prata, murano e pérolas de vidro, Carmel, R$ 78. Tel. (11) 3061 9448. www.carmelacessorios.com.br

CALÇA, Le Lis Blanc, R$ 350. Tel. (11) 3815 0634. www.lelisblanc.com.br

 

 

 

 

LOOK 6

VESTIDO de jérsei com flores de couro, Fause Haten, R$ 790. Tel. (11) 3068 8642. www.fausehaten.com.br
SANDÁLIA de couro, Luiza Barcelos, R$ 345. Tel. (31) 2102 0100. www.luizabarcelos.com.br

CARTEIRA, Legaspi, R$ 599. Tel. (51) 3561 2445. www.legaspi.com.br

 

 

 

LOOK 7

VESTIDO de tricô de algodão, Coven, R$ 850. Tel. (31) 3273 3199. www.coven.com.br

SANDÁLIA de verniz, Rock Lilly, R$ 519. Tel. (11) 3032 9212

 

 

 

Novos talentos

 

O concurso novos talentos, promovido pelo Shopping Barra em Salvador, visa selecionar os novos nomes da moda que desfilarão na 12ª edição do Barra Fashion Bahia. Os candidatos devem produzir dois looks e quinze croquis para serem avaliados pela equipe responsável pelo concurso.

O evento tem a fama de revelar grandes nomes do estilismo baiano como Márcia Ganem e Luciana Galeão que hoje atuam em outros estados e países.

Destacando-se entre os finalistas do concurso 2008 estão o jovem etilista Vitorino Campos, Carola Hoisel e Renato Oliveira. Eles foram os selecionados para desfilar suas criações no desfile coletivo que será realizado em setembro, dedicado à nova geração de estilistas, estudantes de cursos de moda, além de autodidatas que já estão no exercício da profissão.

 

Carola  Hoisel
Nasceu em Ilhéus e desde pequena já gostava de moda. A vontade de trabalhar na área era tanta que a primeira opção no vestibular foi desenho industrial. Percebendo que o tema se distanciava do seu desejo de menina, a estilista cursou a faculdade de moda da Universidade Estácio de Sá (RJ). Novamente em Salvador, começou trabalhando como estilista de uma marca baiana. Com desejo de criar grife própria, Carola investiu em carreira solo.

Renato Oliveira
Deu os primeiros passos na carreira profissional elegendo o curso de dança da Ufba. Nessa etapa de vida, tomou gosto pelos figurinos dos espetáculos. Trabalhando como coréógrafo, ele transportou o dom da arte para a criação de roupas, conseguindo assim ser selecionado como Novos Talentos na edição passada do Barra Fashion. Agora, repete a dose com uma coleção que reflete sua preferência pelo patchwork.

Vitorino Campos
Praticamente nasceu dentro da fábrica de costura e fardamento da mãe. A tia também foi uma grande incentivadora da carreira pelo seu trabalho com alta- costura. Aos 17 anos, o estilista abriu uma loja em Feira de Santana, onde vendia sua grife própria. Depois de encerrar o projeto, entrou para o curso de moda da Unifacs, que já está prestes a concluir. Um grande marco na carreira foi ter vencido o concurso dos novos criadores da Expo de Moda.

O concurso foi composto por um júri de jornalistas e especialistas do ramo que analisaram os 16 escritos com projetos de coleções Primavera-Verão. Essa ação já se tornou uma vitrine para a visibilidade de novas promessas do mundo da moda, já que nomes de peso, como a estilista Márcia Ganem tiveram sua trajetória iniciada no concurso.

 

 

Foto: Vitorino Campos

Prada lança Butterfly

 

São absolutamente maravilhosos, femininos e literalmente fazem a cabeça das estrelas internacionais. A Prada lança a linha “Butterfly”, absolutamente glamorosa! No verão estes óculos de sol fazem par perfeito para quem quer proteção, estilo e elegância. Aposte nessa!!!

 

Bijoux, o poder de transformar a produção!

As bijuterias voltaram a ser objeto de desejo e serão tão importantes para um look como a bolsa do momento ou o sapato da estação. Para ser moderna, ela tem que ser grande, tem que ser muito bem acabada e não pode ter aspecto artesanal. Os materiais podem variar, metal, plástico, pedras, resinas.

 
Bijoux podem transformar uma malha preta numa roupa espetacular, podem salvar um vestido sem graça, podem dar cor e status a um blaiser básico, podem personalizar uma roupa de festa.

Pode misturar dourado com prateado? Pode misturar com jóia de verdade? Pode as duas coisas. Um braço cheio de pulseiras nestes dois tons de metal fica lindo e a mistura com jóias verdadeiras dá a quem usa um ar de simplicidade e sofisticação muito interessante.

Novidade Chic de doer…

Diga adeus às plumas e principalmente aos paetês. Depois do desfile da Prada, a renda é o tecido do momento. E nem adianta fazer cara feia para a trama que remete a vestido de noiva, roupa de vovó ou até mesmo a toalhas de mesa. No território da moda, o que dona Miuccia diz costuma se tornar lei.

“A renda é o tecido mais importante na vida de uma mulher. Está presente nas roupas da infância, do casamento e até na da viúva”, disse Miuccia ao fim de seu o desfile para o site da ELLE americana. E continuou, surpreendendo: “Nunca gostei de renda. Por isso me livrei de todas as velhas conotações e fiz uma coisa feminina, elegante e digna”, disse Miuccia, desta vez ao Style.com.

Na prática, o que ela fez foi tirar a carga romântica e angelical do tecido ao criar com ele saias-lápis, camisas e calças de modelagem simplificada, vestidas em modelos com atitude robótica. A crítica classificou as peças como eróticas e fetichistas, apesar do nada de fru-fru.

Já está matutando em que evento vai usar aquele vestido de renda que, de tão guardado, já virou vintage no seu armário? Pois pense duas vezes antes de colocá-lo para dar um passeio. O jeito Prada de usar a moda é forte – na maioria das vezes, ela aparece no look total, como quem decreta: “Eu só consigo pensar em renda”. A razão é que Miuccia acha cafona usar o tecido apenas em detalhes*.

Use certo
As peças que vão fazer efeito nessa nova fase da tendência têm pouco decote, mas a transparência é permitida. Uma cor bem forte, como o laranja da Prada, é zero óbvia e, portanto, ótima. “O vermelho, por outro lado, é a cor mais difícil de usar porque pode ficar muito sexy”, opinam Fê Resende e Cris Zanetti, as consultoras de moda do Oficina de Estilo. Elas sugerem que o material formal seja usado com peças informais. “Saia de renda com camiseta branca básica, com duas regatinhas sobrepostas ou uma blusa de renda com bermuda”, indicam.

Outra dica é usar com calças de alfaiataria ou por baixo do terninho, “para brincar com o masculino e feminino”. Quem gosta de usar trench coat como vestido pode colocar uma peça de renda por baixo, de modo que só a barra do tecido fique aparecendo sob o trench. Por fim, evite acessórios como sapato retrô e colar de pérolas, assim como os penteados muito meigos – no desfile, as modelos estavam com um coque superesticado e clean.

*Apesar de ter renovado a renda, a Prada não foi a única a usar a trama em seu desfile. Ela apareceu bastante no verão da Dior, cujo tema era lingerie, e também nas passarelas do inverno brasileiro, mesmo em detalhes. Confira na galeria opções de produção e exercite seu bom gosto na hora de lançar mão dessa tendência que ainda vai dar pano pra manga – e pra saia, vestido, macacão, bolsa… By Chic.ig.com.brrenda_moda-4.jpgrenda_moda-3.jpgrenda_moda-2.jpgrenda_moda.jpg