A onda ecologicamente correta continua…

A onda que tingiu o mundinho fashion de verde não para de produzir lançamentos. Depois do start dado pelas duas principais semanas de moda do país, que adotaram a sustentabilidade como tema há algumas edições, e pelas grandes marcas, que se aliaram a iniciativas como o selo NOW (Natural Organic World), a gama de opções disponíveis no mercado para quem busca o ecologicamente correto não para de crescer.

As últimas novidades são as shopping bags e a primeira linha de tênis 100% ecológicos do Brasil. O hábito de carregar compras em sacolas de tecido ao invés das de papel ou plástico, não é exatamente nova. A tendência veio do exterior, que já adotou a moda com força total, mas só agora ganha modelos bacanas e desejáveis por aqui.

As marcas Imaginarium e Kargo aderiram á idéia de maneira criativa e…. A primeira lançou a bolsa Consciente, feita de algodão sem tingimento e com estampas florais. O recado vai nas alças: “leve sua sacola, leve consciência” é que está estampado na parte interna delas. Já a Kargo lança um modelo confeccionado com lona reutilizada de caminhão.

A Rainha inova com uma linha de tênis totalmente ecológica. Materiais como couro vegetal, sulino, juta, fibra de bambu, PET reciclado, algodão orgânico e borracha reciclada compõem modelos em estilo retro, que agradam não só pelo conceito mas também pelo design.  By, estilosamiracampos.com.br

ecologicamente-correto-3.jpgecologicamente-correto-2.jpgecologicamente-correto.jpg

Anúncios

Moda ecologicamente correta!

Em anos recentes, a indústria do vestuário andou na mira de ativistas das ONGs por causa de problemas como a venda de casacos de pele e a alegação de que algumas empresas faziam vista grossa para o uso de trabalho escravo por parte de fornecedores. A tendencia do momento é a venda de roupas ecologicamente corretas.

 Num primeiro momento, esse tipo de produto tinha certo caráter artesanal, com ex-hippies oferecendo sandálias de pneus reciclados ou produzindo pequenas quantidades de camisetas feitas com fibras de cânhamo, a mesma planta da família da maconha. Aos poucos, porém, redes varejistas do porte da americana Wal-Mart e da espanhola Zara e grifes como Armani, Levi’s, Nike e Timberland foram entrando na história. Com isso, multiplicou-se a oferta de peças e o negócio ganhou uma escala inédita.

Existe uma enorme demanda por produtos que não agridam o meio ambiente. O carro-chefe da moda ecologicamente correta são as roupas e os tênis feitos de algodão orgânico, como são classificadas as plantas nascidas de sementes não geneticamente modificadas e cultivadas sem o uso de agrotóxicos e fertilizantes artificiais.